Fase II: O que é o Ciclo de vida do produto e que impacto essa avaliação pode gerar em torno da sustentabilidade?

Prezados leitores,

Muito se fala sobre a Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) , mas afinal, o que seria isto?


Há algumas, mas a da ABCV (Associação
Brasileira do Ciclo de Vida nos parece ser a mais indicada):

"A Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) é uma técnica da Gestão Ambiental que avalia os impactos ambientais potenciais associados a um produto, desde a obtenção dos recursos naturais passando por toda a cadeia produtiva, distribuição, uso e destinação final.

Como instrumento de tomada de decisão a ACV tem se mostrado uma ferramenta de grande potencial uma vez que, dado seu caráter sistêmico ela se coaduna integralmente com a busca da sustentabilidade. Prova desta afirmativa é que os principais indicadores de sustentabilidade, tais como pegadas de carbono, de água, ecológica e outras devem, obrigatoriamente, ser calculadas usando a lógica do ciclo de vida. Nesta linha, será possível, com o uso da ACV, que os produtos tragam em sua embalagem informações sobre seu desempenho ambiental, tais como: consumo de energia, consumo de água, emissão de carbono, etc".

Lembrando que a IN SLTI/MPOG nº 01 estabelece que:

"Capítulo I
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º Nos termos do art. 3º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, as especificações para a aquisição de bens, contratação de serviços e obras por parte dos órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional deverão conter critérios de sustentabilidade ambiental, considerando os processos de extração ou fabricação, utilização e descarte dos produtos e matérias-primas". (g.n.).

Dentro deste contexto, verifica-se que a ACV tem por objetivo o estabelecimento de um critério confiável para decidir, entre várias opções, qual terá menor impacto ambiental.

Como mencionado também recentemente, a norma ISO 14040 traz uma série de entradas, saídas e avaliação dos impactos ambientais potenciais de um sistema de produto ao longo de seu ciclo de vida, desde a aquisição de matéria-prima ou geração de recursos naturais à disposição final, dividindo-se em 4 etapas: (i) definição do objeto e escopo; (ii) análise do inventário; (iii) avaliação do impacto; (iv) interpretação de dados e resultados para obter a visão geral do processo.

Desta forma, entendemos que a ACV é o instrumento que permite assegurar que determinada contratação atende o requisito da sustentabilidade por meio da aferição do ciclo integral, o que deve ocorrer já na fase de planejamento da contratação, garantindo-se que a produção, a distribuição, a utilização e o descarte estejam alinhados de modo que o valor sustentabilidade seja observado.

Vamos em frente!!!

Abraços sustentáveis,

Do editor. ;-) 



0 comentários:

Licitações Sustentáveis © Copyright 2010-2016. Todos os direitos reservados l Design by Leonardo Ayres l Tecnologia do Blogger