Mas afinal, o que é a Rio +20?

Contando-se o pouco tempo de espera para o início da Conferência da ONU Rio +20 (13.06.2012 a 19.06.2012 - fase preparatória e 20.06.2012 a 22.06.2012- a Conferência propriamente dita, com as reuniões dos Chefes de Estado), muitas pessoas têm me perguntado: "- Mas afinal, o que é a Rio +20"? 


Segue a conversa que tenho visto recentemente sobre a Rio +20:
"-É uma conferência ambiental", diriam alguns. Já outros, mais atentos, afirmam que se trata de "uma Conferência da ONU, promovida para discutir o desenvolvimento sustentável, vinte anos depois da ECO-92, tendo por objetivo buscar alternativas para uma nova economia, que respeite o meio ambiente e diminua a pobreza". (minha definição).

 A primeira definição não está de todo errada. Porém, não é apenas ambiental, mas também ambiental. Ademais, basta saber que a própria ONU promove Conferências específicas para discutir a preservação do meio ambiente, como a Convenção sobre Diversidade Biológica e a Convenção do Clima.

Lado outro, poderia o leitor questionar: "- Essa última definição não é sintética demais?".  Respondo: "- Sem dúvida (!). Para objetivos tão grandiosos, mas creio que resume, em pouquíssimas palavras (inspiração twitter, rs...), o que se pretende com a Conferência Rio +20. 

Deixando de lado o diálogo do editor e leitor (apenas uma , na verdade, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio +20 propõe trazer a reflexão sobre a Economia Verde e todos os aspectos envolvidos neste debate (social, ambiental e econômico) estarão presentes. Fato é que todos estes vetores estão interligados, um não convive sem o outro.

E aí caro leitor, você deve estar se perguntando, o que tudo isso aí tem a ver com as Compras Sustentáveis ou  [Licitações Sustentáveis]? 

Digo-lhes, tudo! A partir do momento em que se busca uma nova concepção de consumo (consciente), a utilização de formas alternativas de energia (biomassa, eólica, etc.); a preservação do meio ambiente e a redução da pobreza, o Poder Público detém uma grande parcela de responsabilidade nesta seara, devendo garantir um patamar mínimo de sustentabilidade em suas compras, contratações e obras públicas, justamente o que a Rio +20, por meio de um documento final, vai propor como ideal de sustentabilidade. Está aí demonstrada a íntima relação das [Licitações Sustentáveis] com a Rio +20!

Resta saber apenas se os objetivos traçados na Rio +20 são possíveis de serem alcançados, tendo em vista a pouca mobilização da sociedade em torno do tema, além da já anunciada ausência de algumas autoridades européias.

Atualização: Fica o registro de que foi publicado neste dia 29/05/12 o Decreto nº 7.739/2012, que trata do Acordo entre o Brasil e a ONU para a realização da Rio +20. Destaque inicial para a transparência na divulgação dos custos. Passo importante para conferir maior credibilidade ao evento.   


1 comentários:

Nossa curti viu.
Parabéns!

Licitações Sustentáveis © Copyright 2010-2016. Todos os direitos reservados l Design by Leonardo Ayres l Tecnologia do Blogger