Sabesp - Prédio Sustentável


Sempre tendo como norte a divulgação de importantes iniciativas, a desta vez se relaciona à criação de prédio sustentável pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), utilizando-se dos conceitos de reciclagem, acessibilidade e redução de danos decorrentes da poluição (sonoro e visual). Como se verifica da exemplar iniciativa, as Licitações Sustentáveis envolve diferentes aspectos (jurídicos, técnicos, etc), dentre eles, o de natureza política, que muitas vezes representa o maior obstáculo a ser ultrapassado.
"Sabesp cria prédio sustentável e atua em projeto no exterior
Empresa é a primeira do segmento no País a vencer licitação internacional

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) transformou uma antiga estação elevatória de esgotos em um prédio sustentável que vai abrigar a sede da Superintendência de Gestão Ambiental (TA).

Para reformar o prédio, instalado no bairro de Pinheiros, na Capital, a Sabesp priorizou o aproveitamento máximo do que já existia. O projeto também levou em consideração a redução das emissões de gases de efeito estufa, resíduos e outros impactos ambientais. O entulho gerado, por exemplo, foi usado para nivelar a obra.

Além disso, o edifício foi adaptado para permitir o uso de iluminação natural. Do lado de fora, próximo às janelas, foram plantadas árvores que atuam como reguladores de luminosidade. São espécies que perdem todas as folhas no inverno, o que permite maior fluxo de luz quando os dias são mais escuros e curtos. Já no verão, essas árvores desenvolvem grande folhagem, e filtram eventuais excessos de sol. Há ainda um sistema nas lâmpadas para regular a intensidade das luzes de acordo com a claridade do ambiente. Alguns pontos de menor fluxo de pessoas, como os sanitários, têm sensores de presença para desativar a iluminação quando não houver ninguém presente.

O sistema de coleta e armazenamento de água torna possível o uso da água da chuva nas descargas sanitárias. Além disso, as torneiras têm temporizadores e os tubos de esgoto são feitos de poliéster produzido com plásticos PET reciclados. Todos os materiais utilizados contam com componentes reciclados e/ou certificações ambientais.

Foram utilizados brita e areia reciclados, fios e cabos elétricos isentos de metais pesados na pigmentação, esmaltes à base de água e granitos de pedreiras certificadas e de localização próxima. Em parte das paredes, os painéis de fechamento são feitos de caixas de longa-vida e tubos de creme dental reciclados. O piso é de linóleo, produto natural fabricado com óleo de linhaça e serragens de cortiça e madeira, que ainda atua como bactericida e evita ácaros.

O local de trabalho foi projetado para ser acessível e também confortável. O paisagismo interno garante um bem estar visual, absorve os ruídos e proporciona a acústica adequada. Portadores de deficiência podem se locomover com facilidade por todas as dependências da nova sede.

Licitação internacional

Nesta semana, além do novo prédio sustentável, a Sabesp ganhou outro motivo para comemorar: venceu sua primeira licitação no exterior. A Sabesp é a primeira empresa do segmento no País a vencer uma concorrência internacional. A empresa atuará no Panamá como consultora em um programa de uso racional de água e na implantação de um modelo de gestão comercial e operacional da Idaan, companhia responsável pelo saneamento das províncias centrais do país. O contrato tem validade de três anos e valor de US$ 8,8 milhões.

A prestação de serviço fora de São Paulo foi permitida após a aprovação da lei estadual 12.292/2006. Amparada por essa e por outra lei - a 1.025/2007 - que possibilitou à empresa atuar nas áreas de drenagem, limpeza urbana e manejo de resíduo sólidos, a Sabesp tem desenvolvido um plano consistente de expansão. A companhia tem assinado convênios de cooperação com nove concessionárias do seu segmento".

Fonte: Sabesp e Portal do Governo do Estado de São Paulo.


0 comentários:

Licitações Sustentáveis © Copyright 2010-2016. Todos os direitos reservados l Design by Leonardo Ayres l Tecnologia do Blogger