O Contexto da Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) nas LS

Logo no início de nosso projeto de desenvolvimento e propagação das Licitações Sustentáveis, apresentamos aqui em abril a defesa do prof. Jair Santana do critério denominado Avalição do Ciclo de Vida (ACV) como o mais adequado a ser utilizado para a prática das LS. Recebi alguns e-mails, indagando-me o que de fato seria a ACV. Pois bem, creio que a definição que melhor elucida a ACV é a que consta no sítio "Avalição do Ciclo de Vida" (http://acv.ibict.br/sobre/oquee.htm/document_view).
A definição lá constante é a seguinte:
"A Avaliação do Ciclo de Vida é uma técnica para avaliação dos aspectos ambientais e dos impactos potenciais associados a um produto, compreendendo as etapas que vão desde a retirada da natureza das matérias-primas elementares que entram no sistema produtivo (berço) até a disposição do produto final (túmulo), considerando inclusive (a lista que segue não é exaustiva): a produção de energia; os processos que envolvem a manufatura; as questões relacionadas com as embalagens; o transporte; o consumo de energia não renovável; os impactos relacionados com o uso, ou aproveitamento e o reuso do produto ou mesmo questões relacionadas com o lixo ou recuperação/reciclagem."
Para que se obtenha sucesso na compreensão ambiental de produtos através da ACV é essencial que haja credibilidade técnica e que sejam seguidos os princípios e a estrutura estabelecidos na Norma NBR ISO 14040: 2001 “Gestão ambiental – Avaliação do ciclo de vida –Princípios e estrutura.” da ABNT. Detalhes adicionais relativos aos métodos em várias fases de uma ACV podem ser encontrados nas Normas complementares: ISO 14041, ISO 14042, ISO 14043; todas da ABNT.


0 comentários:

Licitações Sustentáveis © Copyright 2010-2016. Todos os direitos reservados l Design by Leonardo Ayres l Tecnologia do Blogger